Tocantins, 23 de maio de 2022 - Mira Jornal - 00:00

Estado

Morre ex-prefeito de Palmas Odir Rocha; corpo é velado na Assembleia Legislativa do Tocantins

05/05/2022 08h24

Foto: Reprodução Ex-prefeito de Palmas Odir Rocha morre, aos 81 anos, na capital —
Ele fazia tratamento contra um câncer no fígado. Ainda não há confirmação sobre as causas da morte.

Foi confirmada na noite desta quarta-feira (4) a morte do ex-prefeito de Palmas Manoel Odir Rocha, de 81 anos. Ele fazia tratamento contra um câncer no fígado e estava internado em um hospital particular de Palmas. Ainda não há confirmação sobre as causas da morte.

Médico, poeta e político
Manoel Odir Rocha nasceu em Araguari (MG) em 1941, filho de Elias de Araújo Rocha e de Rosa Rodrigues Rocha. Médico formado pela Pontifícia Universidade Católica, do Paraná, ele também era escritor e poeta, membro da Academia Tocantinense de Letras e da Academia Palmense de Letras.



Sua vida política começou com em 1989, quando foi eleito prefeito de Colinas do Tocantins. Ao fim do mandato assumiu o cargo de secretário de Ação Social e Habilitação no mandato do primeiro prefeito eleito de Palmas (TO), Eduardo Siqueira Campos.

Em outubro de 1994 foi eleito primeiro suplente de deputado federal e permaneceu na função por 30 dias, até ser convidado para ser secretário do governo estadual.

Dois anos depois, em outubro de 1996, foi eleito como terceiro prefeito da história de Palmas. Ele permaneceu no cargo até 31 de dezembro de 1999.

Tão logo terminou seu mandato, foi nomeado pelo então governador Siqueira Campos como presidente da Agência de Desenvolvimento do Tocantins. Depois também voltou a ser secretário municipal de Palmas.

Entre suas obras publicadas estão o livro de poemas Do amor à terra, em 2002, o livro de contos Auscultando a vida, e 2005.

Velório e Sepultamento
Médico e poeta estava internado em um hospital de Palmas quando morreu aos 81 anos. Enterro está marcado para 17h, no cemitério Jardim das Acácias, em Palmas.

O corpo do ex-prefeito de Palmas, Odir Rocha, está sendo velado nesta quinta-feira (5) na Assembleia Legislativa do Tocantins, na praça dos Girassóis. A cerimônia é acompanhada por amigos e familiares.

O velório começou por volta de 5h e por volta de 15h haverá uma missa de corpo presente. A previsão é que o enterro ocorra às 17h no cemitério Jardim das Acácias, em Palmas.

Odir era casado com Dirce Noda Rocha. Ele deixou a esposa Dirce Noda Rocha e três filhas.

Manoel Odir Rocha era médico, escritor e poeta, membro da Academia Tocantinense de Letras e da Academia Palmense de Letras. Ele nasceu em Araguari (MG) em 1941, filho de Elias de Araújo Rocha e de Rosa Rodrigues Rocha.

Sua vida política começou com em 1989, quando foi eleito prefeito de Colinas do Tocantins. Ao fim do mandato assumiu o cargo de secretário de Ação Social e Habilitação no mandato do primeiro prefeito eleito de Palmas (TO), Eduardo Siqueira Campos.

Em outubro de 1994 foi eleito primeiro suplente de deputado federal e permaneceu na função por 30 dias, até ser convidado para ser secretário do governo estadual.

Dois anos depois, em outubro de 1996, foi eleito como terceiro prefeito da história de Palmas. Ele permaneceu no cargo até 31 de dezembro de 1999.

Tão logo terminou seu mandato, foi nomeado pelo então governador Siqueira Campos como presidente da Agência de Desenvolvimento do Tocantins. Depois também voltou a ser secretário municipal de Palmas.

Entre suas obras publicadas estão o livro de poemas Do amor à terra, de 2002, e o livro de contos Auscultando a vida, de 2005.
Informações do g1 Tocantins.

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.

Mais vídeosVideo Mira

Retrato da política nacional - Mas... O pulso ainda pulsa

Comente

  • jose professor
    20/04/22 07h39
    Não é justo e nem coerente que a falta de um ACORDO que atenda ambas as partes envolvidas impeça o desenvolvimento de...
  • Jose Professor
    05/04/22 08h16
    E a BRK com a obra de instalação do ESGOTO SANITÁRIO? Tudo parado e ninguém fala nada? O que está acontecendo?
  • jose professor
    13/02/22 08h04
    Ouço a boca miúda que a Prefeitura de Miracema quer exigir "comprovante de vacina" para que se frequente as...
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.