Tocantins, 25 de novembro de 2020 - Mira Jornal - 00:00

Policia

Policia Civil do TO em nota, reafirma conclusão do inquérito sobre morte de funcionário público

14/11/2020 15h57

A Polícia Civil do Tocantins, em nota à imprensa, no inicio da tarde deste sábado, 14, disse que que "respeita o posicionamento da família", mas que  "reitera seu compromisso com a verdade dos fatos ora apurados", em relação  a  investigação da morte do funcionário público de Dois Irmãos, Vagner Fernandes, ressaltando que "cujo inquérito já foi concluído e encaminhado ao Poder Judiciário, sugerindo o arquivamento do mesmo tendo em vista se tratar de conduta atípica".

VEJA NOTA


"NOTA À IMPRENSA

VEÍCULO: MIRA JORNAL

DATA: 14.11.2020

A Polícia Civil do Tocantins respeita o posicionamento da família do senhor Wagner Fernandes.
Todavia, reitera seu compromisso com a verdade dos fatos ora apurados na presente investigação,
cujo inquérito já foi concluído e encaminhado ao Poder Judiciário,
sugerindo o arquivamento do mesmo tendo em vista se tratar de conduta atípica".

CASO VAGNER FERNANDES


O servidor Wagner Fernandes Araújo, 58 anos, foi encontrado desacordado no último domingo, 1º, em sua residência no municiípio de Dois Irmãos, com ferimentos considerados graves pelos médicos que o atenderam a principio, no Hospiatl de Paraíso, e diante do quadro considerado gravíssimo, foi conduzido para o Hospital Geral de Palmas.

Não resistindo os ferimentos, Vagner Fernandes faleceu no final da tarde do dia seguinte, segunda-feira 2.

De acordo com a Policia Civil, "De imediato, a 6ª DEIC iniciou as investigações e foi nos local dos fatos".

Em coletiva de imprensa realizada na sala de reuniões da Secretaria da Segurança Pública, a Delegacia-Geral da Polícia Civil do Tocantins

Na manhã do último dia 11, numa coletiva de imprensa convocada no dia anterior, a Policica Civil apresentou a conclusão da investigação, qunado o delegado-chefe da 6ª Divisão de Repressão ao Crime Organizado (6ª DEIC de Paraíso do Tocantins), Hismael Athos e responsável pela condução das investigações, informou que "o senhor Wagner foi vítima de acidente doméstico e que não há elementos que comprovem a participação de outras pessoas nos fatos", acrescentando ainda que  “Trata-se de fato atípico e já encaminhamos o relatório final do inquérito policial ao Poder Judiciário, sugerindo o arquivamento do mesmo”, ressaltou..

A família de Vagner Fernandes, irmão de Camila Fernandes, candidata a prefeita de Miracema do Tocantins, emitiu uma nota à imprensa, questionando o resultado da investigação da morte do servidor municipal de Dois Irmãos, a suposta 'midialização' do fato e ainda a forma e a urgencia da apresentação do laudo antes de informar a família, há três dias das eleições, que considera o resultado contraditório com pareceres médicos.
(Da Redação MIRA)

   

Comentários (1)

  • Jose Professor | 16/11/20 09h15

    Vou imitar um grilo cri..cri..Continuarei batendo na mesma tecla já que há contradições com a gravidade dos ferimentos e "reticências" quanto ao laudo médico.Tem algo de obscuro e mal feito visto que a "vítima" estava sua residência e sem ter ao menos indícios de estava fazendo algo que o pudesse ferir muito inclusive quase decepando uma das orelhas.O que tem de precipitação e velocidade da feitura do "laudo" sem comunicar, pelo que entendi, a família é de se fazer achar no mínimo estranho. A razoabilidade de se fazer ouvir pela imprensa....Sei não....????

Mais vídeosVideo Mira

Rio Tocantins - Miracema do Tocantins / Brasil

Comente

  • Elcio
    24/11/20 12h10
    É isso Márcia, ela sabe quem é quem. E ela sabe que tem um vice
  • marcia moreira
    22/11/20 13h11
    tem gente falando q camila vai ser comandada por assessore e baba ovos e acho que naum ela e mulher preparada e...
  • AILTON FERREIRA ARAUJO
    17/11/20 13h58
    Tânia...melhor e Camila do que o Saulo,,,,pagar que conta so se o ex-prefeito deixar ai a Camila tem que pagar...
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.