Tocantins, 19 de setembro de 2021 - Mira Jornal - 00:00

Esporte

Vitória sobre Peru não teve tempero, mas teve gol de Neymar a caminho do recorde

09/09/2021 23h22

Seleção brasileira administrou o jogo, fez 1 x 0 aos 14 minutos, chegou ao segundo gol aos 39. Não foi ainda a atuação do desejo da torcida, mas houve boas decisões

O Brasil segue extremamente bem posicionada, com variação tática, mudança de ritmo e de postura na marcação, ora dificultando a saída de jogo dos adversários, ora atraindo o adversário para contra-atacar. Perfeitinho e... sem encanto. Seguiu assim contra a seleção peruana, mas Tite deixou algumas assinaturas importantes para o futuro da equipe.

A principal delas foi desenhar um 4-4-2, com Casemiro um pouco atrás de Gérson, Éverton Ribeiro pela direita, Paquetá pela esquerda. Capacidade de atrair a seleção peruana e contra-golpear. Aconteceu assim com Paquetá aos 3 minutos, com Gérson aos 9.

Duas chances perdidas.
A boa carta de intenções de Tite foi Gérson um pouco mais liberado do que Casemiro e Gabigol e Neymar soltos na frente. Mesmo que Gabigol partisse do lado direito, o mapa de movimentação -- e a observação do jogo -- mostraram seus deslocamentos também pela esquerda. Não houve o entrosamento desejado, mas eles tinham liberdade.

Individualmente nenhum dos dois jogou bem. Mas ao menos não havia a necessidade de voltar acompanhando laterais, missão para Paquetá e Éverton Ribeiro.

Depois para Matheus Cunha, ou seja, ficou claro que Tite tentou desta vez trabalhar uma real dupla de ataque. Em jogos mais fortes, imagina-se que o Brasil possa ser mais agressivo, mais faca amolada.

Neymar segue agitando mais o pôquer do que os jogos, mas fez uma partida boa contra a seleção peruana, com um passe decisivo e um gol, em falha da defesa do Peru.
(Do GE)

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.

Mais vídeosVideo Mira

A festa da Padroeira Santa Teresinha do Menino Jesus

Comente

  • Redação
    25/08/21 14h04
    Parabéns Miracema pelos seus 73 anos. As cidades são como as pessoas sentem quando a ingratidão chega a sua porta....
  • Jose Professor
    14/08/21 09h57
    Não é a primeira vez que reclamo. Não é novidade o barulho infernal causado pelos carros de som na comunidade. Me...
  • Roberto Martins
    13/08/21 09h43
    Verdade mesmo. Eu li a entrevista no site no Mira Jornal e ouvi pela Rádio Miracema FM. Foi num domingo de manhã...
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.