Tocantins, 22 de outubro de 2021 - Mira Jornal - 00:00

Policia

Suspeito de vender drogas ao lado de escola e aliciar estudantes para consumir entorpecentes é preso

10/10/2021 12h17

Foto: Divulgação/Polícia Militar Drogas foram apreendidas com suspeito de tráfico em Cristalândia
Caso foi registrado pela Polícia Militar em Cristalândia. Na casa do homem de 42 anos foram encontradas porções de maconha, cocaína e crack, balança de precisão e produtos manipulados para comercialização.

Um homem de 42 anos foi preso na noite deste sábado (9) em Cristalândia, na região central do Tocantins, por suspeita de tráfico de drogas. Segundo a Polícia Militar (PM), ele estaria vendendo entorpecentes ao lado de uma escola. Moradores disseram que o investigado aliciava estudantes para que eles passassem a consumir e comprar as substâncias.

A prisão aconteceu no setor aeroporto e a polícia foi ao local após dezenas de denúncias. Através do telefone 190, moradores reclamavam de uma movimentação estranha em uma casa localizada a 50 metros de uma escola estadual. Segundo eles, os alunos estavam sendo incentivados a usar drogas.

A PM fez levantamentos e constatou o comércio de drogas na residência. O suspeito de tráfico foi abordado e flagrado com uma porção de maconha. Outra pessoa que estava no local no momento da abordagem tinha um embrulho na mão, mas fugiu da polícia pulando muros aos fundos do imóvel.

No interior da casa do suspeito foram encontrados celulares e outros pacotes com maconha, cocaína e crack. Uma balança de precisão e produtos que estavam sendo manipulados para comercialização também foram localizados.

O suspeito, que já esteve preso outras vezes pelo mesmo crime, foi levado para a delegacia de Paraíso do Tocantins onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.
(Do G1TO)

   

Comentários (1)

  • jose professor | 11/10/21 16h29

    Não entendo a linguagem usada no período pós Regime Militar. O contraventor/meliante/bandido ser tratado como SUSPEITO após ser encontrado com tantas provas, inclusive balança, em sua residência.É uma vergonha.

Mais vídeosVideo Mira

Violência contra a mulher em tempos de pandemia

Mais que o medo de adoecer, as mulheres em todo mundo enfrentam outro dado assustador: o aumento da violência doméstica.

O Brasil está em quinto lugar no ranking mundial de feminicídio, o que faz desse tipo de violência um grave problema social e de saúde pública, que os profissionais da Atenção Primária enfrentam todos os dias.
Com o isolamento social, houve um aumento considerável de relato desse tipo de violência.

Como identificar as mulheres que estão mais vulneráveis? A resposta você encontra no vídeo desenvolvido pela médica de família e comunidade Lorenna Baião, com apoio da Associação Capixaba de Medicina de Família, e também nas cartilhas produzidas pelos Grupos de Trabalho de Mulheres na MFC e de Gênero, Sexualidade, Diversidade e Direitos da SBMFC.
 

Comente

  • jose professor
    27/09/21 07h01
    Não é possível que as coisas aconteçam e ninguém reclame.Hoje (27/09/2021) aproximadamente entre 06:30 e 07:00 horas...
  • Redação
    25/08/21 14h04
    Parabéns Miracema pelos seus 73 anos. As cidades são como as pessoas sentem quando a ingratidão chega a sua porta....
  • Jose Professor
    14/08/21 09h57
    Não é a primeira vez que reclamo. Não é novidade o barulho infernal causado pelos carros de som na comunidade. Me...
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.